EnglishFrançaisItalianoPortuguêsEspañol
Menu

TOLEDO: VALE À PENA FAZER BATE E VOLTA?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

TOLEDO: VALE A PENA FAZER BATE E VOLTA?

Se você estiver visitando Madri e quiser saber se vale a pena fazer um bate e volta a Toledo, você precisa ler nossas matérias sobre a cidade para ter a certeza dessa resposta. 

Cercada pelos 3 lados pelo Rio Tejo, a cidade de Toledo é uma cidade fortificada que apesar de tantos conflitos sobreviveu ao tempo.

Uma cidade, que como muitas cheia de história, muitas guerras, vários domínios no período que antecede a Idade média, período em que foi dominada pelos romanos que deram seu nome atual.  

E o que os romanos foram fazer em Toledo? 

Como ir para toledo

Um pouco sobre o Império Romano em Toledo.

Durante a expansão do Império Romano, houve um avanço dos seus domínios por quase toda Europa atual. A cidade de Toledo era uma importante produtora de um metal duro e resistente, de muito interesse para os romanos que o usava na produção de espadas e armaduras.

Em 193 a.C os romanos invadiram e conquistaram a cidade, e deram o nome de Toledo (do romano Toledum).

 Durante todo o período de domínio romano a cidade se desenvolveu e se fortaleceu, tendo toda economia baseada na indústria de ferro. Por isso, Toledo foi grande produtora de armamentos, que importava para todo o Império Romano. 

Além dos armamentos, Toledo ainda foi a casa da moeda do período, pois era a cidade onde cunhavam as moedas do Império também produzidas no metal encontrado na região.

A cidade cresceu e se desenvolveu atraindo diversos tipos de comerciantes, principalmente judeus, para a região. O processo de colonização românica pode ser visto na arquitetura e hábitos locais. Passeando por Toledo é possível apreciar ruínas de vilas romanas, especialmente nas margens do Tejo.

O Reino de Leon y Castilla

Depois disso Toledo foi invadida pelos germânicos no século III, depois vieram os Alanos e Visigodos em 418. O Rei visigodo logo criou sua corte e Toledo de tornou capital do reino, e arcebispado hispano-visigodo até a conquista moura (Islâmicos) da Península Ibérica,  entre 714 e 715. A cidade de Toledo ficou dominada por muçulmanos de 797 a 1035.

Toledo foi centro de tensão étnica e religiosa.  A cidade de Toledo, que tinha maioria cristã, no período era mais 95% de cristãos católicos na região, não aceitavam o domínio e a religião muçulmana. Do outro lado o Califado queria instituiu e impôs sua religião na cidade. Por conta disso, eclodiram inúmeras revoltas em toda região. Foram anos de luta contra o califado, até que finalmente, em  25 de maio de 1085, Afonso VI de Castela reocupou Toledo e estabeleceu controle direto sobre a cidade.

Essa reconquista foi o primeiro passo para o Reino de Leon y Castilla.

O período de Leon y Castilla

Toledo era um importante ponto de entrada na Espanha por conta do Rio. Além de sua importância financeira no período. Por isso, logo após a reconquista, Toledo passou a ser a capital do Reino de Castela, substituindo Burgos que até então era capital desde 1031.

Seu posicionamento geográfico a tornou um importante ponto de combate aos sarracenos oriundos do norte de África e extremo sul da Península. E para reforçar os domínios do Rei de Castilla, foram construídas nova muralhas, mais sofisticadas que as antigas. É possível visitar as muralhas ainda hoje na cidade.

Os conflitos religiosos em Castilha

Toledo foi marcada por guerras religiosas, entretanto por muitos anos foi uma cidade onde as 3 religiões conviviam pacificamente, cada uma em seu bairro.

Andando pelas ruas você verá muito da religião judaica como as salas de banho onde os judeus faziam seus rituais de banho, conhecidos por Mikvá antes do Shabbat. Você verá pequenos azulejos com letras hebraicas, CHAI (חי), feitas de cerâmica azul e branca que indicam o caminho que cobria o bairro judeu.

A cidade possui inúmeras Mesquitas muçulmanas, Sinagogas judaicas e Igrejas cristãs. Cada uma com sua arquitetura e ritos próprios. É possível perceber as mudanças dos bairros e a influência religiosa impregnada nas ruelas de Toledo e arquitetura local.

Toledo é, sem dúvidas uma pororoca cultural, com uma diversidade arquitetônica única. O Alcázar, que foi construído para ser o palácio fortificado e hoje abriga a Biblioteca de Castilla-La Mancha e o Museu do Exército. A lindíssima catedral  de Toledo (Catedral gótica que foi sede da arquidiocese da Espanha), e o Zocodover, o mercado central. A Sinagoga de Santa María la Blanca, a sinagoga de El Tránsito, e a mesquita de Cristo de la Luz.  

Vamos falar de cada ponto turístico, todas as formas de como chegar em Toledo e explicar porque optamos por ir de carro na próxima matéria. 

Evite filas, compre seus ingressos conosco!

Se você leu essa matéria até aqui, tenho duas certezas.

Primeiramente, você está planejando uma viagem. E a segunda é que nós de alguma forma estamos contribuindo com ela.

Embora pareça fácil, te garanto, trabalhamos muito para você. Uma vez que são várias horas bunda sentados escrevendo matérias para ajudar na sua viagem, como as matérias abaixo e fazendo parcerias para conseguir descontos especiais para você. Sem falar no trabalho que dá tirar fotos e compilar todos esses dados para contribuir com sua viagem. 

Deste modo, uma forma de demonstrar gratidão e ainda conseguir descontos incríveis é fazer suas reservas aqui conosco pelo site. Você pode fazer suas reservas de hotel por nossos links, alugar carro, comprar ingressos para não ficar em filas e muito mais. 

Assim você ainda dá aquela ajuda para manter o blog no ar!

O que você precisa saber antes de viajar?

O Pelo Mundo Com Vc

É sua audiência e carinho que nos permite continuar. Se você curte nosso blog, siga nossas redes sociais e fique sempre por dentro de nossas viagens. 

Somos muito gratos a você!

Booking.com

ÚLTIMOS POSTS