EnglishFrançaisItalianoPortuguêsEspañol

POUSADA CASA DAS PIPAS – QUINTA DO PORTAL NO DOURO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

A Pousada Casa das Pipas na Quinta do Portal, fica na região do Douro, na cidade de Sabrosa. A apenas 115km de Porto é uma excelente opção de hospedagem para quem curte vinho e gastronomia.

COMO FOMOS PARA A POUSADA CASA DAS PIPAS

De carro, pegamos a autoestrada A4 em direção à Vila Real convergindo para a A24 e finalmente a N322 até Sabrosa. As autoestradas A4 e A24 possuem pedágio. Na viagem, optamos por alugar o carro com o aparelho da via rápida para que não precisássemos parar nos pedágios. Paga-se tudo ao entregar o carro. Por estar subindo a serra, a estrada N322 é um pouco sinuosa e bem estreita. Deve-se ter bastante atenção. Outras formas de chegar a região do Douro, neste post. 

Chegando na região, fomos diretamente para a Pousada Casa das Pipas. O lugar é imenso e muito bem decorado. Passamos por um portal e seguimos uma pequena estrada acompanhada de videiras até a entrada da casa.

Casad as pipas videiras

Videiras

A POUSADA

Logo que chegamos fomos recepcionados pelo  Manoel. Um senhor muito simpático que trabalha na casa há anos. A casa possui dois andares com os quartos separados em dois corredores, um em cada lado de uma grande, mas aconchegante, sala de estar. No andar de baixo fica a área de alimentação e a lareira.

Quando entramos, a casa estava gelaaada (para nosso padrão brasileiro). A temperatura do lado de fora estava perto dos 80C. Prontamente o Manoel informou que iria ligar as caldeiras para aquecer a casa e nos perguntou que horas gostaríamos de jantar e nos levou a nossa acomodação. Nossos quartos estavam lindamente preparados e aquecidos. Os quartos são de dois tipos: suíte e suíte superior. Ambos são grandes, sendo que a suíte superior é mais ampla e o banheiro possui banheira. Lembrete: leve secador de cabelos e ferro de passar, se precisar. O hotel não possui esses itens.

quarto casa das pipas

Suíte Superior

Como chegamos no meio da tarde, ficamos sentados junto à lareira conversando e aproveitando um excelente vinho tinto local: o Quinta do Portal Colheita.

Lareira casa das pipas

Sala da Lareira

JANTAR NA CASA DAS PIPAS

Fomos jantar às 21h no salão do andar inferior. Lareira acesa e uma mesa extremamente bem posta, acompanhada de uns aquecedores.

O menu seria um menu degustação com entrada, prato principal e sobremesa harmonizados com vinho, preparado pelo Chef Milton Ferreira. Eles também têm um menu especial para crianças.

O restaurante é muito requintado e o jantar um dos melhores da região do Douro.

O segundo dia na Pousada Casa das Pipas

No dia seguinte, saímos para almoçar pela cidade e fazer uma visita na Quinta do Bomfim. Após a visita retornamos pra Quinta do Portal onde os donos, o Sr. Eugênio e a Dona Ana Maria, estavam nos esperando. Eles são uma surpresa à parte da visita. Pessoas extremamente simples e muito agradáveis.

Passamos o resto da tarde na sala conversando acompanhados de vinho, claro. D. Ana nos contou sobre seu sonho de construir a vinícola e a pousada Casa das Pipas.

Contou-nos que o arquiteto projetou tudo para que todos os quartos tivessem vista para suas imponentes videiras.

piscina e vinhedos casa das pipas

Vista da Sala de Estar

Ela nos contou como é o funcionamento da quinta na época das vindimas, em setembro. Falou que é possível participar da colheita e de todo o processo ou, simplesmente, sentar-se com uma cesta piquenique com vinhos, pães e frios e ficar apenas observando.

Passamos o fim de tarde numa agradável conversa com esta surpreendente pessoa, encantados com sua paixão pelo seu ofício e por viver. D. Ana e Sr. Eugênio são pessoas jovens de espírito que sabem aproveitar o máximo da vida. Um exemplo pra muitos.

sala de estar casa das pipas

Sala de Estar

Logo ao pôr-do-sol, veio novamente o Manoel nos perguntar o horário do jantar. Desta vez, jantaríamos no restaurante maior, que é fora da Casa das Pipas. Mais uma agradável surpresa com o menu. Como era Dia de São Valentim (Valentine´s day, para eles, o dia dos namorados), a mesa estava decorada com velas e rosas vermelhas. No menu, pratos com nomes que remetiam ao amor. Tivemos novamente o prazer da companhia dos donos no jantar. Que foram nos explicando sobre cada vinho servido. Uma experiência memorável.

Casa das pipas

Deixar um comentário