EnglishFrançaisItalianoPortuguêsEspañol

FERNANDO DE NORONHA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin

FERNANDO DE NORONHA

Fernando de Noronha é um arquipélago que pertence ao estado de Pernambuco. Possui 17km² e tem apenas 3.500 habitantes. Não precisa dizer que o forte da ilha é o turismo, né?

COMO CHEGAR E ONDE FICAR

Hoje em dia existem vôos diretos para a ilha. Então está bem mais fácil o acesso a Fernando de Noronha. A visita tem que ser pensada com antecedência, pois para preservar a natureza local, foi estabelecido um limite de visitantes por vez e o número de pousadas também é limitado.

Normalmente, o maior número de quartos para hospedes são nessas pousadas domiciliares, que são casas de locais que alugam quartos para os turistas. Já as pousadas mais chiques e com mais estrutura são poucas e bem mais caras. Então, se você tem preferência no tipo de hospedagem, precisa organizar sua visita à ilha com certa antecedência.

COMO FAZER

Para visitar a ilha você deve pagar uma taxa de preservação ambiental, saiba mais.O preço varia de acordo com a quantidade de dias de sua estadia. O pagamento pode ser feito pelo site ou chegando ao aeroporto. A taxa começa no valor de R$ 51,40 e aumenta progressivamente. Nossa dica: fique no máximo 05 dias. Mais do que isso, se você não for biólogo, é muito.

Chegando à ilha você tem diversas opções de empresas de passeios turísticos. Os preços são bem parecidos e os passeios, em geral, são os mesmos. Descrevemos todos os passeios para você aqui nesse outro post.

Noronha é um lugar para você descansar e se desapegar do mundo. Um paraíso totalmente isolado principalmente de internet. Algumas pousadas mais chiques têm wifi, mas a conexão não é tão boa. Já as pousadas domiciliares não tem. Na cidade você poderá encontrar uma wifi de difícil conexão também. Você saberá onde ela pega melhor, porque é onde as pessoas se aglomeram!! Muito engraçado de ver.

Por outro lado, uma coisa que funciona super bem é o serviço de táxi. Eles chegam rápido em todos os locais da ilha. Pra quem escolher não alugar um buggy (não há carros para alugar na ilha), esta é uma excelente opção. Basta ligar para o único disque taxi que tem em Noronha que em questão de minutos eles chegam. Os preços também são fixos, de acordo com a distância. Se você for mais aventureiro e sociável, pode pegar carona com as pessoas nos buggys. Os locais, principalmente, sempre dão essa mãozinha para os turistas.

QUANDO IR

A melhor época para ir à Noronha é de setembro a março, que é a época da seca. A temperatura média é de 28 graus. A água também não é gelada. Pelo contrário, é bem gostosa!! Em dezembro e janeiro, o mar fica mais agitado, excelente para surfistas. Para os mergulhadores, a melhor época nos meses de setembro e outubro. Mar calmo, com poucas ondas e poucas correntes. É bom lembrar que lá o sol é beeem quente!!! Protetor solar, boné e muito líquido são essenciais na ilha!

O QUE FAZER

A Ilha também oferece uma vida noturna agitada. O bom de lá é que as baladas se revezam, então você sempre sabe aonde ir! Você tem que se informar em quais dias funciona o quê. Todo mundo sabe! Lá tem o famoso forró no bar do cachorro, com a balada indo até às 4 da manhã. Outros dias tem o reggae na pizzaria. Nesta, dependendo da época, pode ter entrada franca ou pagamento de R$10,00 a R$20,00 para entrada.

No geral, tudo na ilha é bem caro. Prepare seu bolso e leve dinheiro!!! Poucos lugares aceitam cartão de crédito. E existem apenas 2 bancos: uma agência do Santander e o Banco do Brasil, nos Correios. Existem alguns caixas 24h, mas o dinheiro acaba!! Na nossa experiência, o dinheiro do caixa eletrônico acabou na terça e, até o sábado, não tinha sido reposto!! Como eu disse antes: DESAPEGO!! Não adianta se estressar!

O serviço na ilha também requer paciência. Pra quem vive num dia-a-dia movimentado, onde tudo é correria e os serviços são rápidos e de qualidade… Esqueça!! Lá tudo demora e tem que ter calma! Principalmente nos meses mais cheios. Em dezembro e janeiro é costumeiro acabar a luz, a água, os suprimentos… Mas tudo isso vale muuuito a pena!!! Quando você entra no ritmo da ilha, percebe que é um lugar maravilhoso!!

Deixar um comentário

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out LoudPress Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out LoudPress Enter to Stop Reading Page Content Out LoudScreen Reader Support