EnglishFrançaisItalianoPortuguêsEspañol
Menu

CHINATOWN DE NOVA YORK: UM OÁSIS DA GASTRONOMIA EM MANHATTAN

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin

Chinatown de Nova York

Uma das coisas que mais adoramos visitar é a Chinatown de Nova York, lindo, histórico e fascinante.

Bem, a nossa primeira vez em uma Chinatown na vida, foi em Nova York e isso me criou uma excelente memória afetiva. De lá para cá, já estivemos em algumas Chinatowns, como a de Singapura que é lindíssima e a caótica de Bangkok.

Mas nem mesmo na de Singapura pude encontrar tanta originalidade e a gastronomia incrível que vemos na Chinatown de Nova York. Por isso acredito que esse é o MUST GO DE NYC. Um programa de turismo super valendo a pena de fazer em Nova York.

Como é a Chinatown de Nova York

A Chinatown de Nova York é uma das maiores do mundo, são mais de 700 mil asiáticos vivendo apenas na cidade de Nova York. Ou seja, uma população maior que muitas cidades do mundo.

Uma característica comum dos chineses, é que eles são muito fechados, em si e em sua comunidade. Então você verá facilmente vários chineses que mesmo morando nos Estados Unidos não falam inglês.

E isso é bem interessante porque você percebe que Chinatown de Nova York  é um mundo a parte. Muitos dos chineses que vivem ali sequer se envolvem com o resto da cidade.

O bairro possui uma organização cultural, política e social própria. Mas é uma excelente oportunidade de imersão cultural.  Aliás, China Town e o Queens, bairro para onde muitos chineses se mudaram.

Chinatown Nova York

Hábitos Culturais da Chinatown de Nova York

Caminhando por suas ruas podemos ver vários letreiros em mandarim, lojas super coloridas e com objetos da cultura oriental. E vários mercados com itens asiáticos para quem gosta de cozinhar.

Além disso, como a religião predominante dos chineses é o Budismo, você encontrará diversos templos espalhados por Chinatown. São mais de 10 templos budistas na região. O maior deles é o Tempel Mahayana.

Realmente é um bairro que mantém a cultura chinesas, a religiosidade e muitos hábitos, principalmente quando se trata de gastronomia. Você poderá ver vários mercados com insumos bem típicos, restaurantes e farmácias com os produtos inelegíveis. Apesar de ter observado um crescimento muito forte de comerciantes árabes e libaneses com lojas na região. Ainda vemos muitos artefatos chineses predominando nas gôndolas.

O bairro é relativamente pequeno, também notei uma grande com o passar dos anos. O comércio diminuiu consideravelmente. Não sei se devido as ações policiais no combate a pirataria ou se por crise financeira. Mas percebo que Wall Street tem crescido muito na direção de Chinatown.

Chinatown de Nova York

O Bairro: Chinatown de Nova York

Chinatown é cortada pela canal Street, e seu centro mais importante compreende as ruas Mott Street, do Pell Street e Doyers Street ao sul até o Lower East Side.

A forma mais prática de chegar em Chinatown é de metro. Existem várias linhas em Manhattan que ligam todos os lugares a principal estação de Metro, a Canal Street.

Sugiro começar perto da Broadway (as linhas de metrô amarela R, We N param ali e o nome da estação é Canal St. mesmo) e seguir na própria Canal em direção East, você irá perceber para que lado mais cheio de comércio e de gente.

Chinatown de Nova York

A estação Canal Street fica na rua de mesmo nome, que é a principal avenida do bairro e corta ele de ponta a ponta. É nessa avenida que ficam a maioria dos comércios. Um shopping com o mesmo nome e uma infinidade de chineses lhe oferecendo os mais diversos artigos “farsetas”.

O comércio continua em suas ruas paralelas e garanto que os preços são melhores. Aliás é um excelente lugar para você comprar várias lembrancinhas de viagens. Uma dica importante: Não se deslumbre com a diferença de preço que irá encontrar em Chinatown e saia comprando tudo sem antes pechinchar. Eles sempre diminuem os preços quase pela metade. Então, pechinche.

Chinatown de Nova York

A chinatown de Nova York é segura?

Gente, em terra de que um grito de “FREEZE” precede um bom tiro, a segurança é algo bem real.

O policiamento da cidade atuam ativamente contra o comercio pirata, e a Chinatown de Nova York é absurdamente policiada. Você poderá ver para todo lado carros e agentes policiais. (como são bonitos, viu!)

Nós esquecemos uma sacola com água e umas comprinhas na mureta de uma loja e saímos passeando. Uns 20 minutos depois que lembramos e quando voltamos correndo, pasmem, estava lá. Se acho que foi uma lufada de sorte, sim. Mas eu não a teria a mesma sorte na 25 de março de forma alguma.

Então pudemos observar que todo o bairro é seguro. Não nos sentimos intimidados em nenhum momento, seja no metrô, ou na superfície.

Vamos agora ao nosso roteiro pelas ruas da linda Chinatown de Nova York. 

ROTEIRO PELA CHINATOWN DE NOVA YORK

Nosso objetivo não era compras, apesar de ser inevitável passar pelas lojinhas e acabar comprando algo.

Queriamos ver os prédios que ficam na região, conhecer mais da cultura local e comer em todos os lugares que conseguíssemos.

Então, traçamos nosso roteiro no google maps e fomos marcando todos os pontos que gostaríamos de visitar. Como vocês podem ver acima.

Nosso trajeto à pé em Chinatown

Chinatown de Nova York

Chegamos pela Chambers street pois estávamos voltando do Battery park.

Saímos do metro na praça do Thomas Paine Park, que fica em frente a Suprema Corte e o Tribunal Federal de Nova York.

Que lugar lindo! Revivi milhares de cenas de filmes que se passaram ali.

Seguimos pela Centre Street até o Foley Square e tiramos mais fotos da Suprema corte. Com a nossa do jeito que anda, quase coloquei um patuá na escadaria.

Esses edifícios aparecem muito na minha série favorita: SUITS. Também já serviu de cenário para outras séries bem conhecidas Law & Order e The Good Wife.

Caminhamos até “Manhattan Criminal Court Building.

A praça é uma graça, tudo muito limpo e arborizado. Com bancos e um super bicicletário do City para aluguel. Me arrependi de não alugar uma bike porque andamos demais todos os dias.

Se quiser, já baixa o app do city bike e preenche seu cadastro. Você só paga após 30 minutos com a bicicleta, se entregar antes não é tarifado. Uma excelente forma de andar pela cidade podendo conhecer tudo.

Região da Prefeitura de Nova York

Voltamos um quarteirão até a Park Jacob, onde ficam a prefeitura e várias outros prédios lindos e importantes de NY.

A fonte é bela. O prédio da prefeitura é bonito e o Surrogate’s Courthouse é tudo muito incrível. Ali já é Wall Street, mas é tudo muito pertinho e aproveitamos que estávamos do lado east de wall street para visitar essa região. (O lado do “boi” é o oposto.)

Andamos bastante e fomos fotografando os prédios que são incrivelmente ricos.

Ali fica também o New York Federal hall Memorial George Washington. O Federal Hall, foi construído em 1700 como sede do governo da cidade de Nova Iorque, e mais tarde serviu como primeiro edifício capitólio dos Estados Unidos sob a constituição, sendo o local onde George Washington tomou posse como primeiro presidente dos Estados Unidos. Seria demolido em 1812, mas em 1842 se transformou no Federal Hall National Memorial e funciona como museu comemorativo dos eventos históricos que ali tiveram lugar. Adorei fotografar a estátua.

Chinatown de nova york

Roteiro em Chinatonw

Passamos pelo FIVE POINTS no Columbus Park. Ponto onde 5 ruas se encontram  e por isso o nome. Essa região era muito perigosa e ficou mundialmente conhecida no filme GANGES DE NOVA YORK. Porque o filme retrata as guerras entre as gangues que dominavam Nova York e esse lugar era o ponto de encontro onde as gangues iam para brigar.

Mas em 1911 construíram o Columbus Park e acabaram com essa história de briga. Hoje o parque é muito usado pelos chineses que vivem ali para prática de Tai chi Chuan.

Da praça você já chega nas ruas mais legais de Chinatown. A Mosco Street, subindo essa rua você tem uma casa de dumplim bem gostosa, a Kop Kee e um super mercado cheio de itens de gastronomia que só vimos na Tailândia. (Tá vendo que não dá para não comprar.)

chinatown de Nova York

Caminhamos até chegar na Mott Street. Uma rua super tradicional. Sem milhares de carros e cheias de restaurantes incríveis.

Eu amei andar por essas ruas. Olha no mapa.

Esse é o quadradinho mais bacana de Chinatown, a meiuca da cultura e gastronomia chinesa.

Mais a frente descendo pela Mott Street você encontrará várias coisas legais. Uma doceria Aji Ichiban, uma loja especializada em mangas e uma lojinha de brinquedos orientais linda.

chinatonw de nova york

Em uma esquina com a Mott Street fica a Pell Street, onde paramos para comer nosso primeiro Dim Sum.

Bowery Street

Depois voltamos para a Mott Street, onde paramos para comer o Pekin Duck. Comemos no Joe’s Shangai. Existem dois restaurantes de mesmo nome, sendo que o da Peel Street serve apenas Dumpling e Dim Sum. Já o da Mott Street serve o Peking Duck.

O preço é excelente, foram apenas $36 pelo pato e comemos nós 04, mas o pato estava bom.

Caminhando pela Mott Street sentido Canal Street fica o famoso Pekin Duck’s House. Ali o pato é bem mais elaborado e o restaurante mais arrumadinho. O preço é um pouco mais caro, em torno de $45 e o saber melhor.

Ficamos andando pelas ruas e encantados com a quantidade de mercadinhos e tantas coisas que só vemos por ali. Você tem a sensação de estar caminhando na China.

Voltamos para a Pell Street, para pegar a Doyers Street  uma rua curva que chega na Bowery Street, onde tem um prédio com um shopping super inusitado.

Shopping chines em Chinatown

A Bowery Street é mais uma rua cheia de lojinhas só que mais movimentada. É nela que fica a praça onde está a estátua de Confúncio, na Confucius Plaza, construída em 1976, a estátua de 5 metros é uma homenagem ao filósofo chinês.

A Bowery Street encontra novamente a Canal Street. Bem na junção você verá o “Mahayana Buddhist Temple”, que falei acima.

Canal Street Chinatown

Gastronomia de Chinatown

A melhor forma de conhecer um povo, sua cultura e hábitos é através da sua culinária. Pelo menos eu acredito.

Passamos o dia comendo em Chinatown. Comemos dim sum, Dumplings e Pekin Duck em dois endereços diferentes. Afinal, eu precisava ter parâmetros para indicar aqui. (Essa foi a desculpa)

Coloquei em nosso guia todos que mais gostamos. Baixe nosso guia chinatown para levar em sua viagem para não esquecer de nada.

Meu prato preferido na vida é o Pekin Duck que por incrível que pareça os de Nova York são melhores que os encontrados na China.

Chinatown de Nova York

O Peking Duck

Esse é o famoso Pekim Duck, também conhecido como “pato à Pequim” ou “pato laqueado”, é um dos pratos mais famosos da culinária da China. É uma receita muito antiga, servida nas cortes imperiais da China, feita com patos criados especialmente para esta preparação, temperados com molhos agridoce diferenciado, assados em fornos especiais e servidos com crepes muito finos com vegetais. A combinação é perfeita e esse é um daqueles pratos que ficam na memória. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Comemos em outros restaurantes em Nova York o Peking Duck, mas os preços eram muito diferentes dos encontrados em Chinatown. Tanto no Dadong, Mr. Chow e o Decoyo valor do pato laqueado por pessoa é $79 dólares. E o pior, éramos 04 e eles dividiram 01 pato nos três restaurantes.

Já em Chinatown você paga pelo prato, (ou pato) em média o valor de $36.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Comemos em 04 restaurante em Chinatown, o Joe’s Shangai da Mott Street que achamos bom, e os que achamos ótimo e indicamos abaixo:

? Peking House

18523 Union Turnpike⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

? Hop Lee

16 Mott St.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

? Peking Duck House

28 Mott St.

Esse foi nosso roteiro em Chinatown. Adoramos nosso dia e voltamos outro dia apenas para comprar os itens que não compramos antes. Vale muito a pena a visita.

Acompanhe nossas outras matérias contando sobre nossos dias em Nova York.

CHINATONW DE NOVA YORK

Leave A Comment