RUSE: ONDE SE HOSPEDAR E COMO USAR O TRANSPORTE PÚBLICO BÚLGARIA

Ruse, a pequena Viena da Bulgária

Ficou curioso para saber mais sobre Ruse, a pequena Viena da BulgáriaRuse (Русе), historicamente conhecida pelos nomes de Rousse, Rustschuk ou Rusçuk, é uma cidade situada ao nordeste da Bulgária, a 300 km da capital Sófia e 200 km da costa do mar Negro búlgaro.

Ruse é conhecida por sua arquitetura dos séculos XIX e XX no estilo Neobarroco e por isso levou esse apelido de “pequena Viena”, por usa arquitetura primorosa.

Por estar a margem do rio Danúbio, onde fica a ponte que liga Bulgária à Romênia. Portanto para as pessoas que vão visitar esses dois países, indicamos pernoitar em Ruse. Parar ao menos uma noite para passear pela margem do Rio Danúbio e se encantar com a história e arquitetura da quinta maior cidade do país.

Dicas gerais

É muito comum encontrar informações sobre as grandes cidades e capitais na internet, mas nem sempre é fácil encontrar dicas de hospedagem e locomoção para cidades não tão visitadas por brasileiros. Ruse costuma receber muitos ingleses, alemães e romenos, mas dificilmente os moradores locais encontrarão um latino americano pelas ruas.

Ainda assim, pensando em como um mini guia de Ruse pode ajudar viajantes perdidos ou de passagem pela cidade antes de continuar para o próximo destino, selecionamos acomodações incríveis e dicas de transporte para quem quiser salvar as informações para o futuro.

Mas primeiro vamos explicar porque essa pequena cidade é tão desenvolvida.

História de Ruse

Ruse fica na divisa do País, e por isso foi invadida e destruída por diversas vezes nas diversas guerras pelas quais a Romênia enfrentou.

Mas após a Bulgária ser libertada do Império Otomano, a cidade passou por diversas reconstruções que alteraram sua aparência arquitetônica para um modelo típico do centro europeu. Ruse se tornou um dos centros chaves culturais e econômicos do país.

Por ter sido habitada por diferentes nações, guerra entre os gregos, sérvios, turcos, russos, alemães, franceses e reduto judaico. Ruse era uma cidade cosmopolita com uma população multiétnica. Vale lembrar que onde há Judeu, tem banco. Foi ali que surgiu o primeiro banco romeno.

Economia

Hoje, Ruse é um importante centro econômico, de transportes, cultural, e educacional. Indústrias de engenharia, químicas, e outras menores se expandiram; um grande porto foi construído; e a cidade se tornou um centro universitário. Conto isso porque adoro viajar para cidades universitárias, que normalmente são cheias de vida, bares e restaurantes.

A cidade tem duas baladas. A Showroom XS e a Dance club Oppium. Já ouviu uma música romena? Veja nesse post que som incrível. O engraçado é que a gente conhece a batida mas não entende nada.

E ainda é zona franca, o que favorece o comércio e com isso a rede hoteleira, transportes, shoppings, restaurantes. O que favorece ao turismo também.

Como chegar à Ruse partindo de Bucareste

Como um dos maiores portos da Romênia, e também é dona de grande centro industrial. Por isso sua logística é excelente. Ruse é ponto central de transportes férreos e rodoviários ao norte da Bulgária.

A cidade conta ainda com duas estações ferroviárias para serviços de passageiros (Central e Razpredelitelna). Há também ônibus inter-cidades ligando Ruse com cidades e povoados ao redor do país e outros países europeus. Estes são baseados em duas estações de ônibus: Sul e Leste.

Está na capital romena e quer fazer um bate e volta para uma cidade búlgara? A viagem de Bucareste até Ruse dura menos de 2 horas quando não há trânsito na ponte que liga os dois países e é um ótimo passeio para quem tem um dia livre na agenda.

Existem diversos hotéis que organizam transfers do aeroporto de Bucareste ou do centro da cidade até Ruse e a viagem de volta, mas também é possível comprar seu próprio bilhete on-line para partir com uma pequena van da empresa Pegasus. A van busca os passageiros no centro de Bucareste, em frente ao Hotel Horoscop, na Praça da União (Unirii) e cada percurso custa 11 euros (dependendo da data da viagem, os valores caem). Atualmente, a Pegasus é a única companhia fazendo este trajeto. Também é possível comprar uma viagem de Bucareste à Varna com a empresa, com uma parada em Ruse. Clique aqui para conferir o site oficial da empresa de viagens.

Como se locomover em Ruse

Ruse é uma cidade pequena e possível de cruzar a pé em pouco tempo. Dê preferência para bicicletas e caminhadas durante sua visita, não sendo necessário pegar táxis ou alugar carros para conhecer o centro e seus arredores. A maioria das atrações se concentram na rua principal e ao longo do Rio Danúbio, dois trajetos onde carros não podem passar.

Os ônibus dentro da cidade custam 1 LEV (50 centavos de euro). O trajeto que fazem fica escrito, em alfabeto cirílico, na janela de cada um deles. Olha o valor do app que indiquei.

Para se locomover da estação de trem e ônibus, que ficam lado a lado, até sua hospedagem, dê preferência para um táxi. Normalmente, das estações até o centro não deve cobrar mais de 6 LEVS (3 euros). Tenha sempre LEV em espécie, pois os taxistas não aceitam cartões.

Onde se hospedar em Ruse

Vamos colocar os links para facilitar. Assim você pode facilmente ver avaliações, preços e decoração dos hotéis indicados. Só encontramos hotéis pela booking, não achei nos outros buscadores: hotel urbano, Expedia, Agoda e nem no tripadviser. O Trivago também aponta todos os links para o booking

Hotéis indicados

  1. Vega Boutique Hotel – Um hotel classicão que fica no centro de Ruse, na Aleksandrovska Street, a principal área de pedestres da cidade. Você pode ver a praça da Liberdade e caminhar pelo centro facilmente. Esse hotel, tem wifi, ar condicionado e todas as amenities de um hotel boutique. 
  2.  Residence House Ruse – Esse é um três estrelas com jeito de cinco. Fica em um bairro bem chique próximo ao Rio Danúbio
  3.  Seven Generations Winery Hotel and Spa hotel 3 estrelas incrivelmente decorado e super romântico. Esse hotel fica afastado da cidade, mas para que procura vinhos, romance e conforto pode ser uma excelente pedida. 
  4. Dunav Plaza Hotel Com uma das melhores avaliações na cidade, o Dunav Plaza é o hotel mais central possível. Uma vantagem são os transfers de Bucareste para Ruse feito pelo Dunav Plaza. O que faz deste hotel a opção mais confortável. No hotel, também é possível curtir dois bares e um restaurante. Os valores variam de acordo com a temporada, atualmente estando em torno de 40 euros um quarto individual (café da manhã incluso no valor).
  5. Grand Hotel Riga                                                                                                                                             Meu favorito: O Riga é um hotel ganhador de prêmios e o maior da cidade. Lindo demais e requintado. Localizado a 400 metros do centro da cidade, a vista de metade dos quartos é para o Rio Danúbio. O hotel tem espaços de spa, oferece café da manhã e um restaurante panorâmico que vale a pena visitar mesmos e você não se hospedar por lá. Os valores variam de acordo com as temporadas, custando hoje cerca de 35 euros uma estadia individual.

Os mais baratos

  1. Jeweller Hotel Com valores individuais a partir de 19 euros, o Jeweller Hotel está situado na margem do Danúbio. A vista da propriedade é linda mesmo para os que não querem caminhar até o Rio. Existe um mercado e diversos restaurantes a 100 metros do hotel.  Já a estação de trem fica a menos de 3km de distância.
  2.  La Maison Ruse – Um dos melhores custo x benefício da cidade. O La Maison fica um pouco escondido, ao final da rua principal da cidade, próximo do Museu de História de Ruse. Um quarto individual custa de 15 a 20 euros.
  3. The English Guest House A apenas 200 metros da Praça da Liberdade, o ponto principal de Ruse, o English Guest House não é exatamente um hotel, é mais como um pequeno bed & breakfast muito limpo, organizado e aconchegante. A estação de trem fica a 4km. Os valores individuais ficam em torno de 15 a 20 euros – existem quartos com banheiros privativos ou compartilhados, o que influencia no preço final.

Moeda local

Apesar da Bulgária fazer parte da União Europeia desde 2007, mas a moeda oficial não é o euro. Por lei do país tudo é cobrado em LEV, e deve-se pagar tudo em LEV.

Portanto faça a conversão antes de se hospedar ou pague com cartão de crédito. Vale a pena checar se é possível junto ao hotel escolhido. Porque alguns estabelecimentos não aceitam pagamentos por cartão de crédito.

Gostou das nossas dicas? Comece a planejar sua viagem agora mesmo. Se você já visitou ou vai visitar Ruse, não deixe de nos contar nos comentários tudo sobre a sua experiência.

Neste outro post vamos contar mais sobre os pontos turísticos imperdíveis de Ruse.

By | 2017-08-15T13:50:41+00:00 abr, 2017|BULGÁRIA, RUSE|

Leave A Comment

Que tal viajar com sua família Pelo Mundo
Sem pagar nada para isso
respeitamos sua privacidade, não praticamos spam.