Os melhores restaurantes que fomos em Paris

Continuando as dicas de onde comer em Paris, vamos listar mais alguns dos melhores restaurantes que fomos. Afinal é complicado listar poucos na terra da gastronomia. Se você sentir falta de algum delícia, por favor peço que indique nos comentários para que outros possam conhecer.

Já visitamos Paris algumas vezes e gostamos de não repetir muito os lugares, mas tem uns que não dá para não voltar. Vejam e se tiverem alguma dica imperdível, por favor, pedimos que coloquem nos comentários para ajudarmos outros viajantes.

Belleville

Está há muito tempo em Paris e cansou da culinária francesa? Vá para o Belleville. Lá existem diversos restaurantes étnicos com comida vietnamita, tailandesa, cambojana e muito mais.

Uma boa opção é o restaurante Le Cambonje. O lugar é simples, mas vive cheio. Por isso é preciso paciência para esperar uma mesa. Mas para comer uma comida cambojana de qualidade em Paris vale a pena, não é?!

RESTAURANTES PARIS

Les Marais

Esse é o bairro do momento em Paris. Se você quiser saber onde ficar e onde comer, fique no Les Marais (que se pronuncia “Marré”). Esse bairro charmoso é o point de Paris.

Alugamos um apartamento no Marais, como você pode ver neste post. O que facilitou muito nossa vida. Porque a rua é cheia de bares e restaurantes legais. Quando chegávamos exaustos depois de bater perna o dia todo. Era mais fácil para jantar.

L’Ange 20

Esse restaurante funcionava em outro endereço e acabou de se mudar para o Les Marais. O ambiente é super gostoso e a comida uma maravilha.

Perto da Place des Vosges e Bastilha este restaurante oferece boa gastronomia com preços abaixo da média. O ambiente é pequeno e simples, mas bem acolhedor. Os garçons muito simpáticos, tudo bem o reflexo do Chef e proprietário Thierry.

O menu: só o prato 17 Euros. Entrada + principal ou principal e sobremesa 26 Euros, entrada+principal +sobremesa 35 Euros. Vale a visita.

44 rue des Tournelles site para reservas.

Bel Canto

Esse restaurante vale mais pela experiência inusitada do que pelo jantar em si.

Os garçons são cantores de ópera e cantam trechos de várias famosas ao longo do jantar. Para quem curte é uma coisa diferente.

O preço é fixo sem as bebidas. São 2 ou 3 opções de pratos para entrada, principal e sobremesa. Se você curte, chegue antes das 20h ou terá perdido quase todo o show. Precisa de reserva. Fica na 72 Quai de l’Hotel de Ville. Site para reservas.

marais

Gaspard de la Nuit

Gente, este é o melhor “off Broadway” que comi em Paris.

Ele não faz parte dos restaurantes turísticos e comemos nele por ser perto do ap. Mas te digo que foi MARAVILHOSO.Foi surpreendente, lugar super pequeno, não tem muito glamour, mas a comida é maravilhosa e com o preço ótimo.
Ótima carta de vinho! A dona do restaurante é super simpática, contrariando o que se dizem dos franceses, e te atende com o maior carinho.

Dá pra ver que eles amam o que fazem. Vale a pena conhecer esses restaurantes que não são tão turísticos e te surpreendem! Coloque na lista! Fica na: 6 rue Des Tournelles. Site para reservas.

Geoffroy L’Olive

Se estiver cansando ou se quiser uma pizza indico esse lugar.

Estávamos passeando pelo bairro para conhecer o street life (o jeito que os locais vivem) quando vimos esse mini restaurante e entramos despretensiosamente.

Descobri que foi sorte porque como ele é pequeno, normalmente só atende com reservas. Aliás, francês é muito sistemático gente, tudo que fazem é com reservas. Bem, a burrata e a pizza eram divinas. E o preço bem adequado a toda essa maravilha. A conta com vinho, entrada e pizza, foi menos de 40 euros no total para nós 03. Super valendo a pena!!

End: 3 rue Geoffroy l’ Angevin. Site para reservas.

Comidas de rua

Que tal experimentar o Hot Dog mais gourmet da sua vida? O Kraft; esse é um hot dog cheio de coberturas diferentes, que tem a melhor salsicha que já comi, num pão super fresquinho. Custa apenas 4 euros e vale para comer e sair andando. Ele vale por uma refeição porque é grande.

Fica na 15 Rue des Archives.

L’As du Fallafel

Localizado no coração do Marais este fallafel é considerado o melhor de Paris. Detalhe, eu não comi todos para me certificar, mas é o indicado pelos locais. E realmente você percebe que ele é bom porque a fila é imensa. Você pode pedir na calçada mesmo ou pegar uma mesinha lá dentro. O falafel custa 6 euros. É enorme e vem com um garfinho para você ir comendo enquanto caminha pelas ruas de paris.

Fica na 34, rue des Rosiers.

 

confeitaria stoner paris

Confeitaria Stohrer

Agora se você ama doces esta é a melhor Patisserie de Paris. Como eu sei? Porque eles estão abertos desde 1730. Rs. Ela foi aberta pelo confeiteiro da rainha Maria Leczinska, mulher de Luís XV. A arquitetura é linda e os doces maravilhosos! Um lugar muito histórico que fica na Rua Montergueil entre Les Halles e Les Marais.

Os caros

O restaurante Epicure

Um dos mais premiados restaurantes do mundo. Ele possui 3 estrelas no famigerado guia Michellin.

O restaurante fica dentro do Hotel Bristol Paris e o atendimento é algo inigualável. Com ambiente extremamente chique e garços atendendo com maestria.

O cardápio foi apresentado pelo maitrê. Um detalhe que eu particularmente adorei: o cardápio entregue para as mulheres, não possuem preços.

Escolhemos o jantar e solicitamos uma indicação de vinho para acompanhar. O sommelier nos orientou sobre  a carta de vinhos que mais parece uma bíblia de tão grande.

Aperitivos, entradas, pratos principais, sobremesas e vinho perfeitos. A apresentação dos pratos é fantástica. A cordialidade dos funcionários, a atenção com todos, tudo absolutamente sensacional.

Após aproximadamente 3 horas de diversos pratos, doces e café, fomos visitar a cozinha. Tudo tão limpo e organizado que os meus olhos com toc quase lagrimejaram.

No final fomos agraciados com diversas sacolinhas de chocolates feitos ali mesmo pelo chef. Esse não é um jantar barato, mas sem dúvidas será o momento mais memorável da sua vida. Preço médio sem vinho 140E por pessoa.

Le Cinq

Restaurante localizado no Four Seasons de Paris. O ambiente é de altíssimo luxo, com uma decoração primorosa. Esperava uma comida mediana porque tenho preconceitos por lugares tão cenográficos. Mas tenho que dizer que me foi uma suntuosidade. O jantar estava perfeito e irretocável, e olha que eu como glutona e gourmet sei bem quando algo é perfeito. Esse restaurante leva duas estrelas no Guia Michellin.

Colocamos outros nesses posts anteriores. Aqui e aqui.