VINÍCOLA COUSINO MACUL

Fundada em 1856, a vinícola Cousiño Macul é uma das poucas vinícolas da região que continuam nas mãos de seus fundadores.

É uma das Vinícolas de mais fácil acesso porque está dentro da região metropolitana de Santiago, na Av. Quilín 7.100, Peñalolén.

Para chegar até lá você tem várias formas. Você pode pegar um táxi (que os preços dependendo do hotel ficam em média de USD 10 a 20) ou pegar algum pacote de visitação a vinícola com a Turistk ou a Turistour (media de preços: $35.000 – preços com translado, tour de vinho.

O tour tradicional pela vinícola dura em média 45 minutos a pé e ao final você terá a degustação de dois vinhos.

Nós recomendamos que vocês façam o tour de bike, que é muito maravilhoso. O tour é feito com a galera da LA BICICLETA VERDE e também precisa ser pré-agendado com a empresa.

Esse tour de Bike dura aproximadamente uma hora e custa USD50,00 sem o transfer do hotel.

Como ir

Optamos por aderir ao que o mundo inteiro faz. Então pegamos o Metrô 4 azul  no sentido da “Plaza de Puente Alto” e descendo na estação Quilín. Na saída da estação você pode pegar um táxis, ou microonibus (D17) até a vinícola.

A vinícola Cousino Macul fica a apenas uns 2 km da estação.

Se você for de ônibus,  peça ao Motorista para lhe informar em qual parada deverá descer. (Não se esqueçam que os ônibus em Santiago só aceitam o cartão BIP – olha no roteiro de Santiago).  Não é difícil porque de longe você verá os portões suntuosos da vinícola.

Outra forma de ir é caminhando da rodoviária até a vinícola. É uma paletadinha de uns 2 km, mas em gente que adora andar.

Outra dica além do BIP é fazer a reserva antes de visitar a vinícola. Esses passeios são muito disputados pelos turistas que vem a Santiago, principalmente em junho/julho.

Sem contar que tem dias que as vinícolas fecham e imagine ter esse trabalho para chegar ao local e o mesmo estar “cerrado”. Pra chorar, né?

PALACIO DE LA MONEDA

A vinícola

Te garanto que esse tour será ponto alto da viagem. A Cousino Macul é linda!! Você irá passear pelas vinhas e parreirais de quase 80 anos. Depois visitar os clones do Chateau Margeaux na França.

Sem contar do visual das cordilheiras margeando a vinícola. Você ainda pode avistar Santiago de longe. Totalmente apaixonante.

O passeio termina na casa onde se produz o vinho, onde você poderá aprender mais sobre a história da vinícola. Você entenderá sobre as castas de uvas, conhecer o processo de produção dos vinhos.

Outra coisa super bacana é conhecer o subsolo da vinícola onde fica o armazenamento. Ainda poderá visitar o museu do vinho,  que mostra como eram feitos os vinhos antigamente e as ferramentas utilizadas.

A vinícola conta também com a degustação Premium, para que você beba os melhores vinhos da casa.

O tour da vinícola nos dá dois vinhos, o tour de bike 03, se você optar pela degustação Premium mais 02 vinhos…  No final, você passará pela lojinha e poderá comprar seus vinhos a um preço bem interessante.

Só não esqueça que o limite permitido de garradas de vinho são 12 garrafas, hein?! Aliás, agora com o limite de peso e cobrança de malas tem que analisar mesmo se vale a pena.

Bem, mas entre a Cousiño Macul e a Concha Y toro, eu particularmente, prefiro e muito a Cousiño Macul. A Concha Y Toro é um tour mais blockbuster (grandes produções) com ênfase no marketing dos seus produtos. E acabam falando muito pouco da produção dos vinhos. Já a Cousino é mais aconchegante e refinada. Adoramos.