ROTEIRO CIDADE DO CABO: PRIMEIRO DIA

NOSSA CHEGADA A CIDADE DO CABO

A Cidade do Cabo é uma cidade tão excitante e cheia de atividades que mesmo que passássemos um mês ainda seria pouco.

Seu clima é mediterrâneo e quente, com umidade moderada no inverno. Mesmo sendo um ambiente litorâneo, não é bem como conhecemos por aqui. Pois sua proximidade com a Antártida influencia nos ventos. E as correntes de ar costumam ser bem mais frias do que o que estamos acostumados a sentir aqui no Brasil. A temperatura oscila entre 15 e 29 graus no verão e 4 e 12 graus no inverno.

Nosso roteiro eram 8 dias indo de Cidade do Cabo a Porto Elizabeth pela famosa rota dos jardins dando. Dormindo em algumas cidades chave do percurso. A única coisa que não fizemos foi dormir. E ainda assim saímos com a sensação que só conseguimos apreciar 10% das maravilhas da região.

NOSSO ROTEIRO

Saímos de Johannesburgo para Cidade do Cabo de avião. Já havíamos dirigido muito de JNB para o Kruger Park e o nosso tempo estava contado.

Reservei minha passagem aérea pela MANGO. Uma low-coast local que voa muito barato entre as cidade sul africanas. Nossas passagens foram compradas pelo viajanet, que mesmo cobrando uma pequena taxa administrativa foi o melhor preço que encontrei.

Logo que o avião foi se aproximando, pudemos vislumbrar a Table Mountain e aquela cena de tirar o fôlego. Estávamos desembarcando na cidade que é considerada uma das mais bonitas do mundo.

Milhares de coisas se passavam na minha cabeça, milhares de horas de aulas de história… Cabo das tormentas, caminho das Índias, o banzo dos negros que foram arrancados de sua pátria e, por fim, o aparthaid, um dos episódios mais tristes da história da humanidade.

E eu ali com os olhos na tela do avião, me sentindo uma formiga diante de tamanha imensidão. Ah, Cidade do Cabo, cheguei para desvendar seus mistérios.

Logo que desembarcamos, já pude perceber aquele clima de cidade de praia. Percebo de imediato que a cidade é viva, agitada e muito, muito alegre. Com uma natureza deslumbrante. A cidade se formou ao sopé de várias cadeias montanhosas, como o Rio de Janeiro, e conta com uma geografia particularmente impactante.

Chegando no aeroporto pegamos o outro carro pela rental cars. Foi uma comédia porque loquei um carro pequeno para 04 passageiros e suas malas. Claro que não caberia. Mas o atendente foi muito solicito e nos emprestou um carro até aparecer outro que pudéssemos trocar.

HOSPEDAGEM

Optamos por alugar um apartamento no bairro de Green Point. Um bairro central e bem turístico de Cape Town. Ficamos no Cape Royalle Luxury, um hotel muito bem localizado, lindo e de alto padrão, como mostramos nesse outro post.

Normalmente, os hotéis nessa região possuem preços elevados e por isso é fundamental que faça suas reservas com muita antecedência para conseguir boas ofertas. Mesmo havendo muitas opções de hospedagem, essa é a região mais turística de Cidade do Cabo.

Existem também muitas opções de apartamentos para aluguel de temporada. E podem ser alugados por períodos curtos, inclusive a partir de uma noite.

Largamos as coisas e corremos ávidos para conhecer cada pedaço da cidade nos poucos dias que teríamos ali.

Tínhamos um jantar agendado no maravilhoso SEVRUGA, que fica no Victoria & Alfred Waterfront. O Cape Royalle Luxury fica a poucos metros do V&A Waterfront, sendo possível ir caminhando. Mas como já era noite fomos de carro.

Chegamos mais cedo para um reconhecimento de área e fomos jantar. O que foi muito bom porque descobrimos que dentro desse shopping há um mercado e já compramos algumas coisas para deixar no apartamento.

Quanto ao nosso jantar? Hum, essa experiência está detalhada na matéria “SEVRUGAaqui.

NOSSA PRIMEIRA IMPRESSÃO

Cheguei cheia de receios na África do Sul. Já havia ouvido muito sobre segurança e confesso que criamos um pré conceito do país. Pois hoje te digo, eles dão banho em limpeza, infra estrutura e segurança. Principalmente para o nosso país. Foi uma surpreendente constatação. A África do Sul é anos luz do Brasil.

By | 2017-12-14T13:17:10+00:00 maio, 2017|ÁFRICA DO SUL, CIDADE DO CABO|

4 Comments

  1. Lily Pestana 14 de maio de 2017 at 22:53 - Reply

    Que máximo, Camis! Adoro relatos sinceros! Adorei saber suas impressões e já me animo mais para conhecer a África do Sul depois de saber que se trata de um lugar seguro… estou muito curiosa para conhecer as vinícolas de lá… você fez um tour de vinhos também?
    Beijo grande
    Lily
    Apaixonados por Viagens

    • Camila 15 de maio de 2017 at 22:13 - Reply

      Obrigada, curti demais a viagem.

  2. Marcio no Mundo 12 de maio de 2017 at 18:08 - Reply

    Viagem linda e post perfeito! Já comecei a anotar tudo e espero ansiosamente pelos próximos

    • Camila 12 de maio de 2017 at 21:49 - Reply

      Obrigada, estou subindo tudo, já já.

Leave A Comment

Que tal viajar com sua família Pelo Mundo
Sem pagar nada para isso
respeitamos sua privacidade, não praticamos spam.