CHIANG RAI: A CIDADE CULTURAL DO DA TAILÂNDIA

Localizada no extremo norte da Tailândia está Chiang Rai, uma cidade pequena que abriga um dos templos mais lindos do país.

Fundada em 1262 pelo rei Meng Rai, Chiang Rai permaneceu por muito tempo como parte do Império Lanna (1262-1558) até ser tomada pelos birmaneses em 1558. A região só foi reanexada em 1774, quando se tornou dependente de Chiang Mai. A área apenas reconquistou o seu status de província tailandesa em 1933.

Foi em Chang Rai encontraram a famosa estátua do Buda Esmeralda, – que na verdade é de jade -, no século XV. Ela é considerada a estátua de Buda mais antiga da Tailândia. Hoje fica localizada no templo Wat Phra Kaew, em Bangkok.

A região é parte do Triângulo Dourado, ou a tríplice fronteira entre Tailândia, Laos e Mianmar. A cidade é muito conhecida por conta do Templo Branco, instalação artística feita em um templo antigo que agora além de um visual indescritível ainda retrata a luta do bem e do mal.

Chiang Rai é uma boa parada enquanto se está fazendo uma viagem pelo Sudeste Asiático ou mesmo quando se tem uns dias a mais no roteiro da Tailândia. Você pode chegar lá por meio de ônibus, tours guiados que saem de Chiang Mai ou mesmo por meio de voos low cost, que saem de Bangkok.

Como ir

Uma excelente opção para visitar Chiang Rai é indo de avião a partir de Bangkok. Você pode pegar um vôo pelas: Asia Air, Bangkok Airlines, Thai Smile Airlines, Thai Lion Mentari ou Nok Air. Você consegue encontrar vôos por menos de R$100,00.

Daí você pode passar o dia conhecendo alguns pontos turísticos na cidade e depois pode ir para Chiang Mai.

Nós fomos de carro e de Chiang Mai para Chiang Rai são 2:40 de viagem. Mesmo sendo distante a viagem é muito fácil de fazer.

Nossa guia

A nossa guia para os passeios em Chiang Mai foi a Banyen, ela é uma querida e organizou uma van super confortável, com água e lenços umidecidos para aliviar o calor. Fizemos o bate e volta com ela, mas acredito que poderíamos ter combinado de encontra-la no aeroporto de Chiang Rai.

Reunimos algumas dicas do que fazer na cidade, para que você possa aproveitar o melhor do que Chiang Rai pode oferecer.

No entanto, evitamos sugerir visitas às tribos, como a das Mulheres Girafas, pois existe um mercado cruel de exploração da pobreza dessas pessoas.

Contato da guia: email e em inglês.

Thanyalak Rousset – banyen50290@gmail.com

Lugares a conhecer em Chiang Rai

CHIANG RAI - Wat Rong Khun - WHITE TEMPLE

Templo Branco – Wat Rong Khun

Maior atração do local, esse tempo é tudo menos chato. Isso porque, após ser comprado e reformado pelo artista contemporâneo Chalermchai Kositpipat na década de 90, se tornou uma grande instalação de arte, cheio de referências pop por dentro e fora.

A obra, que continua recebendo retoques, está prevista para ser finalizada apenas em 2070. Quem serão as próximas referências a serem adicionadas ao local? Só o tempo dirá. E nós iremos adorar voltar para conferir.

CHIANG MAI - NIGHT BAZAAR

Night Bazaar

Para quem não quer sair da viagem sem uma lembrancinha, o Night Bazaar tem opções para sair com a mala cheia de presentes para toda a família. E a palavra de ordem é pechinchar. Você pode conseguir descontos inacreditáveis ao persistir um pouco com o vendedor.

Se estiver com fome, opte pela feira. Ela tem uma praça de alimentação com várias opções de refeição – principalmente as menos exóticas – por um bom preço. Mas o destaque mesmo fica para o palco com e shows artísticos de dançarinas.

Museu do ópio

A Tailândia não produz mais o ópio para venda. Em seu lugar, os comerciantes vendem bens de agricultura tradicional. Agora, a única coisa que resta sobre a droga é o museu, que conta um pouquinho de sua história, os seus impactos e funciona ainda como centro de pesquisa.

CHIANG RAI - PARK

Singha Park

O parque, além de ser lindo com seus campos floridos, abriga diversas competições como ciclismo e balonismo. É bom para passear em uma tarde livre. Caso não esteja acontecendo nada no momento, ainda vale pelas fotos com a estátua do grande leão de ouro.

Oub Kham Museum

São uma boa opção para conhecer mais sobre a cultura e a história do Império Lanna. No exterior você encontra várias esculturas de animais, como elefantes. No interior, altares e estátuas mostram um pouquinho da antiga região, que em alguns pontos se difere do Sul e do Sudeste do país.

Gostou?

Chiang Rai é uma cidade linda e com um aspecto mais tranquilo que as badaladas províncias do Sul da Tailândia, mesmo com toda a loucura do Templo Branco. Vale a pena fazer uma visita, principalmente se você está vindo de algum país próximo.

Se você gostou das nossas dicas, colabore com nosso blog passando este post a um amigo. Caso ache que tenha faltado alguma coisa, nos deixe um comentário. Tentaremos responder a todos assim que possível.

By | 2017-08-15T13:50:25+00:00 jun, 2017|CHIANG RAI, TAILÂNDIA|

Leave A Comment