VOLTE AOS TEMPOS MEDIEVAIS EM CARCASSONNE

Carcassonne, cidadezinha medieval com fortalezas e castelos

Não é à toa que Carcassonne foi considerada Patrimônio Mundial da Humanidade, da Unesco. A cidade, localizada no sul da França, é praticamente uma memória viva da época medieval.

Com suas muralhas em volta e fortalezas acobreadas, o lugar encanta visitantes de diversos cantos do mundo. É a maior cidade murada da Europa.

casas de CArcassonne

Restaurada recentemente para manter suas características originais, Carcassonne parece estar intacta pelos últimos 2,5 mil anos, desde sua fundação.

Com o rio Aude ao lado, as paisagens ficam ainda mais belas, especialmente onde passa o Canal du Midi.

Se cruzar o rio, você chegará à charmosa cidade de La Bastide, outro ponto que não pode ficar fora do seu roteiro.

A cidade virou pano de fundo para filmes diversas vezes. Cenas de Robin Hood e Os Visitantes foram gravadas lá.

Por sua localização ser tão próxima da Espanha, Carcassonne teve muita influência catalã. Barcelona, por exemplo, fica a menos de 150 km de distância. Quem estiver de férias pela Espanha pode aproveitar e dar um pulinho lá. Garanto que será uma experiência realmente diferente.

Existem várias formas de chegar até Carcassone. Indo de Barcelona ou de outras cidades no sul da França você facilmente pode ir de trem, avião ou de carro, as estradas são excelentes.

carcassone

HISTÓRIA

De todos os lugares que já visitamos, Carcassonne foi sem dúvidas o mais emocionante deles. Com uma beleza indiscutível, a cidade medieval é toda murada com casas de pedras e ruelas tipicamente medievais.

Uma história me chamou muito a atenção em Carcassonne. Essa cidade medieval foi um reduto dos Cátaros no passado e um dos últimos redutos da resistência contra a perseguição religiosa.

O povo de Languedoc, no sul da França, é conhecido por ser do contra. Essa vocação para a dissidência vem de longe. Seu ápice ocorreu no século 11, quando cidadãos de Languedoc repudiaram a Igreja Católica – por eles chamada de Igreja dos Lobos – e fundaram um cristianismo alternativo: o catarismo.

Os Cátaros foram um grupo religioso que pregava a igualdade e o amor entre todos. E como quase tudo naquela época, divergia da igreja Católica.

Acusados de heresia e até chamados de adoradores do diabo, os Cátaros provocaram uma implacável reação do papado. O esforço para eliminá-los incluiu uma das maiores cruzadas. Foi um dos principais motivos para a criação do Tribunal do Santo Ofício – mais conhecido como Inquisição.

Os cruzados chegaram a Carcassonne em 1209. Eles queriam forçar os Cátaros a confessarem seu pecados e a se arrependerem dele. Quem não se arrependesse, seria queimado vivo.

Uma situação lastimável pertencente a esse momento da igreja. Muitos Cátaros preferiam manter-se fiéis à sua fé e se atiravam, cantando, nas fogueiras. Milhares de pessoas foram queimadas vivas no cerco a Carcassonne.

Os cátaros formaram a sociedade secreta mais “popular” da Idade Média. Alguém falou em heresia? Para esses cristãos, herege era o papa. “Eles se julgavam herdeiros dos apóstolos e foram condenados por isso”, escreve Mark Gregory Pegg em The Corruption of Angels (“A Corrupção dos Anjos”, inédito no Brasil), que narra a trajetória da seita.

HOTÉIS QUE INDICAMOS EM CARCASSONE

  • Pont Levis Hotel – Franck Putelat – Esse hotel fica a 5km da cidade murada. Lindo, aconchegante e com piscina.
  • Hôtel Restaurant Le Parc Franck Putelat – Esse hotel é extremamente chic e também fica a poucos metros da cidade medieval de Carcassonne.
  • Hotel de la Cité Carcassonne – MGallery Collection – ocupa um castelo em estilo medieval situado dentro das muralhas de Carcassonne. O hotel dispõe de jardins e de uma piscina ao ar livre com vista da Basílica de Saint-Nazaire.
  • B&B Dochavert – O B&B Dochavert está localizado em Carcassonne, a 10 minutos a pé da muralha da cidade medieval. A propriedade oferece quarto duplo bem iluminado, entrada privativa e terraço panorâmico.
  • LOFT SPA – Côté cité – Esse hotel fica também há 10 minutos a pé da muralha da cidade medieval de Carcassonne. Muito bem decorado com uma banheira sensacional no quarto.

ATRATIVOS DE CARCASSONNE:

Cidade Medieval: Essa cidadela fortificada, com suas 52 torres e castelos, faz o visitante entrar em um mundo paralelo. Quase é possível ouvir catapultas e visualizar as sentinelas nos portões.

É como voltar no tempo e viajar para outra era. Situada às margens direitas do Aude, esse recanto medieval é único por seu tamanho e estado de conservação. Foram mais de 2 mil anos de história e conquistas na época das cruzadas.

Canal du Midi: Obra de Pierre-Paul Riquet realizada no século XVII para unir o Atlântico ao Mediterrâneo. O Canal du Midi acabou ganhando relevância mundial pelo transporte de mercadorias e passageiros.

E hoje é frequentado por diversos turistas e por apaixonados por navegação.

Interior of St. Nazaire and St Celse Cathedral located at Carcassonne, France

Interior of St. Nazaire and St Celse Cathedral located at Carcassonne, France

Igrejas: Um dos pontos marcantes de Carcassonne são as igrejas. A principal a catedral de Saint Nazaire, com seus fascinantes vitrais, em uma mistura de estilo gótico com o restante da paisagem medieval.

No site oficial da cidade, o visitante pode ver a lista completa de igrejas.

Bastide de Saint Louis: um ótimo lugar para descansar e provar a deliciosa gastronomia do sul da França é no entorno da Place Carnot, praça, onde fica o Bastide de Saint Louis. Essa foi uma homenagem ao rei de mesmo nome, em 1260.

Hoje, o local é delimitado pelos bulevares dos séculos XVIII e XIX. Ao redor, toda a herança arquitetônica do Sul da França, com algumas construções religiosas e casarões comuns da região.

auberge

ONDE COMER:

Um dos pratos típicos de Carcassonne é o famoso Cassoulet. Comemos em um restaurante na saída da visitação ao castelo e estava divino, no Auberge Du Grand Puits.  Mas pude perceber que todos os restaurantes que tinha ali estavam super lotados e com aromas incríveis. Estávamos no festival de Carcassonne e a cidade estava muito cheia, não acredito que seja sempre assim.

Uma incrível lista com os melhores restaurantes da cidade podem ser encontrada aqui. Escolha o seu estilo favorito e deleite-se com essas delícias da gastronomia francesa, certamente, uma das mais memoráveis do mundo.

COMO CHEGAR:

Fomos de carro de Aix para Carcassonne, passando por Avignon. Saindo de Aix são 300 km e por isso fomos para ficar dois dias na região do Languendoc. A viagem é mais que tranquila e passamos o dia em Avignon, já chegando em Carcassonne a noite. Ficamos no hotel Hôtel Les Oliviers. 

309120_2455488949595_1292915014_n

A distância de Paris até Carcassonne dá 775 km. A melhor forma de ir para Carcassonne saindo de Paris é de TGV. O trem-bala francês,  TGV, faz Paris – Montpellier em 3 horas. Montpellier é a cidade mais próxima com estação de trem de alta velocidade. Depois você pode locar um carro e ir até Carcassonne, são mais 150 km, o que deve levar mais ou menos 1h20.

Outra forma de ir a Carcassone é indo de Barcelona, na Espanha. Já que a cidade catalã é bem próxima, o percurso leva em torno de 2h 20min de trem e 3 horas de carro.

ONDE FICAR:

Ficamos no centro da cidade, ou seja, fora da cidade medieval. Os preços eram muito inferiores, e como era Festival fez uma grande diferença. Vale a pena pesquisar antes.

Hotéis: Existem diversos hotéis de duas ou três estrelas com diárias que variam de € 30 a € 100. Pesquise pelo Booking a melhor opção de acordo com a data da sua viagem e da sua intenção. Além do valor, leve em conta fatores como distância do Centro da cidade e avaliações de outros hóspedes.

Airbnb: Outra sugestão que está se popularizando é o aluguel de apartamentos ou quartos por temporada. O Airbnb é uma alternativa com preços competitivos em locais à escolha do viajante. Pode ser uma ótima forma de imersão, dependendo do proprietário.

QUANDO IR:

Carcassonne se mantém como uma ótima opção o ano inteiro. Por estar no Sul da França, com opções de praias em cidades próximas, os turistas internacionais preferem visitá-la no verão. Mas a paisagem acobreada e o estilo medieval, marcas da cidade, podem ser apreciados o ano inteiro.

Dicas para os viajantes:

  • Tenha mapas da cidade em mãos ou por aplicativo no celular;
  • Para viajar em qualquer cidade francesa, leve um bom dicionário ou guia de frases simples em francês, já que a maioria dos franceses não se sente à vontade de falar inglês no primeiro contato;
  • Saiba o básico, como: bonjour (bom dia), si’l vous plaît (por favor), merci (obrigado) e au revoir (tchau).
  • Tente apostar no Airbnb ou outro tipo de hospedagem menos tradicionais.

By | 2017-08-15T13:51:25+00:00 maio, 2016|CARCASSONNE, FRANÇA|

Leave A Comment

Que tal viajar com sua família Pelo Mundo
Sem pagar nada para isso
respeitamos sua privacidade, não praticamos spam.